Aquishowbrasil

Participantes premio personalidades

Bruno Corrêa da Silva, Engenheiro de Aquicultura, formado em 2008 na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Em 2014 defendeu doutorado pela UFSC e iniciou na Epagri como pesquisador na área de piscicultura. Desde então, coordena as pesquisas no Campo Experimental de Piscicultura de Itajaí com melhoramento genético de tilápia, onde o foco é a seleção de tilápias com melhor desempenho para condições de cultivo do sul do país. O projeto atende produtores de alevinos de Santa Catarina e de todo Brasil, fornecendo matrizes de tilápia selecionadas.

Clemilson de Andrade Francisco “Sorriso” – São mais de 20 anos de dedicação à criação de camarões marinhos no Sul do Brasil. Apesar dos desafios climáticos e sanitários, sempre mostrou determinação e perseverança para vencer os obstáculos do dia-a-dia. Não tenho formação acadêmica, mas muita prática adquirida nesses 20 anos. Além de criar camarões marinhos e tilápias (cinzas e vermelhas), conduziu a primeira experiência no Brasil de engorda de garoupas em viveiros de camarão. Durante a pandemia, sua empresa, a Mar do Brasil abriu uma peixaria na fazenda, criou canais de comercialização no atacado e varejo, montou um pequeno beneficiamento de pescado e, há dois anos inaugurou o Restaurante Trapiche.

Geovana Dotta – Docente da Universidade Federal da Bahia, UFBA, a professora é natural de Lages, SC, formada em Medicina Veterinária (UDESC), Mestrado e Doutorado em Aquicultura (UFSC) e Pós-Doutorado (CAUNESP). Atuou em diversas instituições de ensino e pesquisa no Brasil, sendo os últimos 4 anos dedicados a Escola de Medicina Veterinária e Zootecnia, EMEVZ/UFBA, gerando diversas publicações de alto impacto. Além disso, de forma voluntária, atua em um trabalho de base chamado “Mulheres e Meninas na Ciência: Aquicultura”. Onde conta sua história mostrando as dificuldades enfrentadas no consiliamento da carreira acadêmica e maternidade, buscando incentivar meninas e mulheres a não desistirem de trabalhar e buscar seu próprio sustento, apesar de todos os desafios que área das Ciências Agrárias impõe as mulheres

Francisco Medeiros – Médico veterinário, atuou muito tempo na área com pequenos e grandes animais, mas logo que começou como veterinário, passou a ter uma produção de peixes e acabei se apaixonando pela atividade. Foi professor da UFMT, consultor, autor de 4 livros, é produtor e presidente executivo da Peixe BR – Associação executando ações estruturantes, para a piscicultura todas são no sentido de beneficiar todo o Brasil e toda a cadeia produtiva.

Juliana Lopes da Silva – Zootecnista com pós-graduação em aquicultura. Desde 2012 trabalhando com aquicultura em águas da União Coordenadora Geral de Aquicultura em águas da União na Secretaria de Aquicultura e Pesca do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, sendo também designada Durante os últimos anos atuou na alteração da legislação que regulamenta as águas da União para aquicultura e para tonar o processo de cessão digital e desburocratizado. Atualmente ocupa o cargo de diretora de aquicultura em águas da União no Ministério da Pesca e Aquicultura.

Luís Eduardo Ferrari Sanches – Doutor em produção animal, há mais de 30 anos produz alevinos de mais de 20 espécies nativas e exóticas no norte Paranaense. Sempre ao lado do produtor, comprometido com sustentabilidade e produtividade, viabiliza criações comerciais e para lazer.

Marilaine Del Pintor Sanches – Há quase 10 anos empenhada no fomento à produção e ao consumo de tilápia e demais pescados já impactou mais de 30mil pessoas com 4 edições de livros de receitas com tilápia destinadas a todas faixas etárias.

Luiz Marques da Silva Ayroza – Zootecnista, Pesquisador Científico na Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios – APTA da SAA/SP,  foi Diretor do Instituto de Pesca – IP de São Paulo, onde coordenou a elaboração de regulamentos para o licenciamento ambiental da aquicultura. Participou da elaboração do Plano Nacional de Desenvolvimento da Aquicultura e o Encontro Nacional de Gestores da Pesca e Aquicultura. Atualmente é Assessor Técnico de Direção do Gabinete da SAA-SP, sua vasta experiência e dedicação ao compartilhamento de conhecimento, à inovação e à excelência o destacam como uma figura influente na aquicultura brasileira

Renata Cavalare Sanches – Renata Sanches, na piscicultura há 16 anos. Há 8 anos é gerente operacional do setor de vacinação na Piscicultura Superfish. Mãe de 2 filhos. Tem foco na biosseguridade e bem estar dos animais com imunização correta e como o principal controle sanitário contra doenças de alto impacto. Faz capacitação e treinamento e incentiva mulheres a fazerem parte do nosso setor. Divulga a atividade através das redes sociais incentivando novos Piscicultores. Faz parte da Associação Peixe PR. Auxília no grupo Mulheres da Piscicultura Paraná convidando e incentivando novas piscicultoras. Realizou o evento: Construindo juntos o futuro da produção em Tilápia, na cidade de Primeiro de Maio/PR, no qual foram inscritas 149 pessoas, entre produtores e fornecedores. No ano de 2015, ficou entre os 10 finalistas no programa Empreendedor Rural com o projeto juvenil de tilápia vacinado. Organizou a primeira viagem técnica Chile 2024, onde estivemos com um grupo de 21 pessoas sendo 11 Paranaenses em busca de novas tecnologias e protocolos de sanidade animal.

Soraia Dall’Agnol – Zootecnista, doutora em ciência animal, desenvolve há 13 anos: pesquisa, docência e trabalho à campo na área da piscicultura como consultora. Atuou em multinacional nas áreas técnica e comercial da produção de peixes. Seu maior compromisso é popularizar o conhecimento da produção de peixes mostrando o quão lucrativa a atividade pode ser para a realidade de cada propriedade, defender e quebrar mitos do setor.